quinta-feira, 26 de julho de 2007

Para quem tinha duvidas




4 comentários:

PanKreas disse...

De facto os jornalistas benfiquistas só dizem asneiras.
O Simão foi vendido por 20 milhões mais 2 jogadores.
O Nani foi vendido por 25,5 milhões e o Anderson por 30 milhões.
Quanto aos salários não se faz ideia quanto vão receber estes jovens de 20 anos!

vermelho disse...

Invade-me um profundo sentimento de tristeza!
Mais um talento que abandona o futebol português.
Mais um que correu atrás da voragem do dinheiro.
Mais um que preferiu o capital à carreira.
Perdeu a liga portuguesa, perdeu o Benfica e perdeu Simão!
Apenas os comissionistas ganharam!

Anónimo disse...

e muito!

pachulico disse...

Porque é q os estúpidos dos jornalistas caiem na tentação de julgar? Porque é que comparam coisas que não são comparáveis? Por acaso este senhor jornalista sabe a duração do contrato do Anderson ou do Nani? Sabe os seus salários? Sabe os prémios por presenças ou troféus?... Obviamente que o SLB fez o negócio possível (em termos puramente económicos), o que, em contratos que incluem cláusulas de rescisão, e tendo em conta os valores em questão, é um bom negócio (para além do alívio na carga salarial), mas, e para sermos claros, não vê entrar nos seus cofres tanto dinheiro como o FCP ou o SCP, para além da perda desportiva ser incomparavelmente maior!...