quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Adeus Scolari

Que vergonha!
Depois de 2 jogos miseráveis...uma tentativa de agressão a um jogador adversário por parte do seleccionador nacional.
DEMISSÃO IMEDIATA.

1 comentário:

vermelho disse...

Inadmissível, inqualificável, insustentável, impróprio de um líder de uma representação nacional!
Espero (em vão, esta citação dos sétima legião não é inocente) que aqueles que se apressaram a construir o pelourinho no qual enforcaram Sá Pinto e João Pinto, sejam consequentes!
Anseio por ver o que dirá o Sr. Johnny Walker.
Antes, foi lesto na censura e na promessa de punição exemplar.
Agora, acredito que assumirá a mesma prontidão na procura da melhor estratégia de desculpabilização pública!
Que uma coisa fique bem clara: Qualquer uma das condutas citadas são merecedores de punição e de um modo severo.
Todavia, estou em crer que tal não sucederá.
O Sr. Johnny Walker seria congruente se amanhã rescindisse o vínculo laboral estabelecido com o Sr. Feijão com Arroz.
Se Sá Pinto e João Pinto, para além da punição desportiva sentenciada pelos órgãos próprios da justiça desportiva, foram excomungados da selecção nacional, coerentemente, o mesmo deveria acontecer com o Sr. Feijão com Arroz.
O Sr. Feijão com Arroz tem acumulado asneiras atrás de asneiras nesta fase de qualificação.
Primeiro, não obstante comande uma “grande superfície”, assumiu uma postura de merceeiro.
O apuramento será alcançado se empatarmos os jogos fora e vencermos os encontros em casa, asseverou do alto da sua cátedra de arrogância.
Portugal, para além de ter jogadores de melhor qualidade, é só a equipa, de todas quantas integram o seu grupo de qualificação, que melhores resultados obteve nos últimos anos, conforme o ranking da FIFA o atesta à saciedade.
Se fosse um treinador português a proferir semelhante afirmação seria apelidado, e bem, de indigente, indolente, ocioso, apático, negligente e caracterizado como pouco ambicioso e sem espírito de conquista.
Contudo, como foi o Sr. Feijão com Arroz, os adjectivos utilizados foram outros – de avisado a visionário!
Quem são os nossos adversários?
Ah, espera, o homem tinha razão – no nosso grupo estão as super-potências Arménia, Cazaquistão e Azerbaijão?!
Se isto não é uma gestão de merceeiro, o que é?
Depois, sucederam-se os erros tácticos, de estratégia e de construção do onze inicial.
Mas, o pior ainda estava para vir.
Chegou hoje em forma de pugilato!
O Sr. Feijão com Arroz é mesmo uma caixinha de surpresas.
Quando se pensava que o seu carácter mal formado, indolente, ocioso, apático e negligente não conseguiria descer mais baixo, eis senão quando um murro nos convence do contrário.
Apenas hoje tive conhecimento das declarações de Socolari no final do jogo - afinal, a sua falta de carácter ainda lhe permite descer mais baixo!
O seu comportamento em campo foi extremamente grave, mas aquele que revelou na conferência de imprensa não lhe ficou atrás.
Procurou obnubilar a verdade, não assumiu qualquer parcela de culpa no sucedido e demonstrou a habitual soberba e arrogância!
Procurou passar mais um atestado de indigência intelectual a todos quantos viram as imagens televisivas!
Quem considera "normal" que se agridam pessoas não pode representar Portugal!

p.s. mais de 10 horas volvidas sobre o acontecido em Alvalade permanece o silêncio ensurdecedor do Sr. Jonhy Walker!
Não foi este Sr. que recentemente excluiu, e bem, Zequinha e Mano das convocatórias da selecção nacional por comportamentos indignos de uma representação nacional?